O Bitcoin é uma Bolha?

Com um preço inferior a 1 dólar em 2010,  o Bitcoin cresceu em meio a desconfiança e um grande desprezo por parte dos especialistas do mercado financeiro. Hoje, ele detém um valor de mercado superior a 600 bilhões de reais(quase 3 vezes o poder de compra de todo o real circulante no Brasil) e as formas de ataque à essa inovação tecnológica não param. A falta de conhecimento, bem como, interesses políticos tem sido a principal fonte dos ataques ao Bitcoin.

De pirâmide à fraude, hoje viemos falar sobre a afirmação de que o Bitcoin e todo o mercado de criptomoedas se trata de uma bolha prestes a explodir.
Visto isso, nesse artigo de cunho teórico, objetivo esclarecer a complexidade contida nessa afirmação, bem como, explicar a diferença de uma variação natural de preços para uma bolha especulativa.

O que é uma bolha?

Para responder essa pergunta é necessário entender um fenômeno e a diferença entre dois conceitos: como é dado o preço de um ativo, e a diferença entre preço e valor.

Uma bolha é um estado em que um determinado ativo ou todo um mercado mantém um nível de preços que se afasta positivamente do real valor dele. Ou seja, resumidamente, existe uma alta artificial nos preços de um determinado ativo  que faz com que o preço dele se afaste do real valor nele contido.

O preço é determinado pela relação entre oferta e demanda, o encontro de agentes econômicos a fim de negociar vai ditar se o preço sobe ou cai. Em resumo, mais agentes tentando vender obriga o preço a baixar, mais agentes querendo comprar obriga o preço a subir.

Entendido como o preço se dá,  torna-se importante entender a diferença de valor e preço. Para a figura mais famosa do mercado financeiro Warren Buffet “preço é o que você paga, valor é o que você leva”. Partindo desse ponto, podemos dizer que R$: 8,00  é o preço de um kg de pão, a satisfação que o sujeito tem ao come-lo, a saciedade que aquele pão traz a quem o come é o chamado valor. Portanto, preço é um dado, valor é relativo ao sujeito.

O preço é conhecido e sabemos que é reflexo da relação de troca de agentes econômicos. Mas, para afirmar que o Bitcoin é uma bolha, precisamos determinar se esse preço se afasta do “real valor” do Bitcoin.

É possível determinar o valor do Bitcoin? Para que ele é útil?

Para esclarecer essa dúvida, vamos fugir do debate teórico econômico à respeito do valor, proponhamos que o valor é subjetivo e que nenhum ativo na economia tem valor por si só, o valor só existe na medida em que é valorado por um sujeito e muda dependendo do juízo de cada indivíduo.

O valor do Bitcoin, portanto, depende de quem o detêm. Para alguns ele é útil como reserva de valor(moedas estatais tendem a perder poder de compra), como forma de sonegação, como transferência cambial, como investimento à longo prazo e até mesmo como unidade de troca não rastreada em operações criminosas no mercado negro. Para um trader ele é útil porque tem oscilações previsíveis, etc.

Mas, encontrar utilidade em ter Bitcoins em sua carteira, não é suficiente para determinar o quão o nível de preço se afasta do valor médio nele atribuído. Nada garante que o valor médio do Bitcoin está próximo do preço praticado no mercado. Em outras palavras, não temos como dizer que o “valor real” do Bitcoin se aproxima da sua atual cotação.

Então por que devo investir nesse mercado?

Visto que não podemos determinar o “valor real” do Bitcoin, podemos concluir ao menos que os agentes econômicos sinalizam pelo surgimento de uma ou mais moedas independentes do sistema de reserva fracionária do estado,  moedas estas, que permitam uma poupança real e  que sejam livre de taxações.

Porém, isso não é suficiente para garantir que o Bitcoin vai ocupar no futuro uma parte desse nicho.  Não temos base para falar que o preço dele vai se sustentar no longo prazo. O contrário também é verdadeiro, dizer que um aumento de preços em um espaço curto de tempo é sinal de bolha não tem o mínimo embasamento. Há poucos anos não sabíamos do NetFlix nem do SpotFy, não sabíamos da Hering nem do Airbnb e mesmo assim a criação de valor dessas empresas foi incalculável

O que podemos afirmar é que o grande aumento na capitalização do mercado de criptomoedas não é insustentável. E que muito provavelmente outra forma de organização econômica está por vir.

Em conclusão, o mercado está em constante dinâmica, olhar para frente de forma crítica é importante, porém, devemos tomar cuidado para não transformar nossa ignorância em medo do desconhecido. Estamos apenas especulando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *